LÁGRIMAS DE SAL

 

Já gastámos as palavras pela rua, meu amor, 
e o que nos ficou não chega 
para afastar o frio de quatro paredes. 
Gastámos tudo menos o silêncio. 
Gastámos os olhos com o sal das lágrimas, 
gastámos as mãos à força de as apertarmos, 
gastámos o relógio e as pedras das esquinas 
em esperas inúteis. 

Eugénio de Andrade

 

 

 Photos by José Ferreira · Styling by Emanuel Santos · Model Stephanie Salsinha (onwaymodels.pt)

 

Just added to your wishlist:
 
My Wishlist
Just added to your cart:
 
My Cart